O Planograma pode fazer toda diferença no momento de gerar destaque a um produto específico. Já se perguntou por que o produto da sua marca vende menos do que o do concorrente que você julga ter qualidade inferior?

A resposta pode estar em um estudo organizado com o objetivo de entender o que os clientes têm demandado da loja.

O que é planograma?

Também chamado de plano de gôndola, o planograma, de forma simples, é uma Ilustração que determina onde cada produto será posicionado na gôndola, ou na prateleira do ponto de venda (PDV).

Os itens são organizados de acordo com sua categoria, origem ou preço. Porém pode levar outros fatores em consideração, depebdebdo da demanda e do objetivo da indústria com o varejista.

Confira abaixo um ótimo e prático exemplo de um planograma de supermercado na seguinte imagem:

Agora que já entendemos planograma o que é. Confira como colocar em prática, e a importância de um Planograma a fim de assegurar melhores resultados no trade marketing.

Aplicando o planograma eficientemente

O mesmo papel importante que a equipe desempenha no trade marketing ela tem durante a fase prática do planograma.

A definição de planograma passa, por muitos estudos e negociações e a disposição dos produtos vem de um cálculo que envolve uma pirâmide entre indústria, varejista e cliente. Evitando o produto fique perdido entre marcas e categorias.

Dessa forma, a decisão do posicionamento na gôndola ou prateleira de mercado se dá após o equilíbrio entre o interesse do fornecedor e varejista.

Falando sobre isso, existem quatro eixos principais para a criação do planograma que passam por canal e categoria. Sendo eles:

  • Conveniência e agilidade para o cliente;
  • Visibilidade;
  • Incentivo para a comprar;
  • Uma boa imagem da marca.

Porém é muito importante que o cliente do estabelecimento esteja relacionado no planejamento de ambos, pois o planograma tem o objetivo de proporcionar um ambiente que facilite a venda através da localização privilegiada do produto.

O cliente deve se sentir confortável no momento da compra sendo a busca por praticidade um ponto que muitos negócios usam como diferencial visando aumentar o fluxo de cliente nesse novo PDV.

Ou seja, se o Shopper encontrar dificuldade ou barreias até encontrar o que ele deseja consumir, provavelmente não comprará.

Share de gôndola

Entre a busca de visibilidade das grandes marcas e o lucro que o varejista busca adquirir com a revenda dos itens, ainda há espaço a quem quer inserir sua própria marca no mercado.

Um Planograma bem estruturado pode ser o primeiro indicador dos melhores locais na loja com o objetivo de expor seus próprios consumíveis, definindo os locais em prateleira, gôndolas e PDVs para as mercadorias que serão vendidas naquele estabelecimento.

Há quem veja o share de gôndola como ativo, ou seja, um investimento que pode ser negociado no mercado financeiro. Pois há lugares de destaques no planograma destinados a alguns itens por conta de seu prestígio ou popularidade da marca.

Embora o planograma esteja sob a responsabilidade total do varejista, deve ser levado em consideração o fato de que a disposição dos itens nas prateleiras deve transmitir praticidade para o shopper.

O planograma no supermercado

Ao entrar no supermercado um cliente busca apenas o básico de higiene pessoal, no entanto, encontra o sabonete no ‘corredor A’, a pasta de dente no ‘corredor F’ e os demais itens espalhados aleatoriamente por outras prateleiras. Normalmente encontramos todos esses itens concentrados em um local específico.

A organização do PDV tem grande influência na experiência e satisfação no momento de compra. Quem gostaria de fazer compras que duraria uma hora em cinco?

O planograma bem organizado consiste em utilizar os pontos fortes de seus produtos e mesclá-los com as melhores, ou a mais adequada localidade do PDV.

Isso dará maior destaque a esses produtos que têm grande potencial de venda ou grande influência entre o fluxo de clientes.

Uma vez colocado em prática, o planograma não deve ser uma ferramenta estagnada. Ao contrário, a equipe de campo tem a responsabilidade de acompanhar os grupos de pessoas que passam pela loja e os produtos que se destacam em suas prateleiras para assim planejar promoções e ofertas que possam ser eficazes também.

Um planograma de sucesso

Inúmeros fatores determinam o sucesso ou fracasso no momento de expor e vender produtos.

  • Estudar o fluxo de clientes: Saber qual é o corredor pelo qual os clientes circulam em maior frequência, ou o setor em que o shopper demora um tempo maior do que em outros. Nesse estágio, entender o comportamento de quem compra é essencial.
  • Pirâmide de Planograma: Consiste em estabelecer um acordo entre a marca e o varejista, mas sem esquecer que o cliente ‘dita o rumo’ dos produtos. Veja: Os brinquedos tendem a ficar posicionados abaixo nas prateleiras.
  • Equipe de campo: Para o Planograma alcançar o melhor resultado é preciso que as pessoas responsáveis por organizar, limpar, e cuidar das gôndolas estejam treinadas e comprometidas a buscar feedback, observar o fluxo de clientes e sugerir formas eficientes de destacar os produtos desejados. Sem a dedicação da equipe responsável é difícil colocar em prática todo planejamento que levou em consideração inúmeros fatores.
  • Organização: O Planograma é uma das melhores ferramentas para quem está buscando organização no meio do trade marketing. Então ser organizado na hora de montá-lo é fundamental.

Respeitando estes fatores, e com dedicação das pessoas inclusas no processo, desde o grupo do planejamento até a equipe de campo, o sucesso é garantido.

Evitar algumas coisas são essenciais durante a criação de um planograma para seu estabelecimento. Então não tenha pressa. Deixar de capacitar a equipe de campo é um erro que pode ser facilmente prevenido.

Acompanhe de perto a execução do planograma

Para garantir a execução correta do que foi planejado é essencial que o profissional de trade marketing tenha tecnologias que facilitem o acesso ao planograma, com uma comunicação ágil, prática e instantânea.

Com o sistema de trade marketing da REsight, além de oferecer ao promotor um aplicativo que utiliza a inteligência artificial em gondolas para que em poucos cliques traga os dados sobre a presença, ruptura, participação e aplicação do planograma online, todas as informações são reunidas em um banco de dados e estarão disponíveis para gestores e diretores, acessá-las em qualquer lugar do mundo. Desde que tenha acesso á internet.

Saiba mais sobre o sistema de trade marketing da REsight e conheça ferramentas que podem facilitar e muito o dia a dia da sua equipe de campo durante a auditoria dos pontos de venda.

Você também pode gostar

Fale Conosco

Siga-nos

A Resight é a solução mais completa de execução e monitoramento de varejo do mercado.

Pertence ao grupo Experity, uma empresa criada para inspirar relações duradouras por meio da tecnologia.

Fale Conosco

Telefone
(11) 3787.0400
segunda a sexta, das 9h às 18h
(exceto feriados nacionais)

Endereço
Av. Doutor Chucri Zaidan 1550 – cj. 2503
CEP: 04711-130 – São Paulo – SP

Copyright © 2021 – Todos os direitos reservados