Cuidar do merchandising no ponto de venda não é algo opcional, é necessário. Ainda que a marca seja reconhecida e líder do mercado, ser visto (e da melhor forma possível) no ponto de venda é essencial para este negócio.

Considere que cerca de 76% dos consumidores decidem as suas compras no ponto de venda, de acordo com a pesquisa “A hora certa de ativar o shopper”, da Nielsen.

E junte a isso o fato de que, segundo outra pesquisa, desta vez do Point of Purchase Advertising Institute (POPAI Brasil), o brasileiro gasta cerca de 12% acima do esperado no PDV.

Você terá em mãos um espaço com potencial enorme de conversão e com vários concorrentes querendo chamar a atenção do consumidor. Então, como otimizar esse uso? Confira nesse artigo alguns fundamentos, requisitos principais e ferramentas para fazer a gestão.

Afinal, o que é o merchandising no ponto de venda?

Merchandising no ponto de venda é uma estratégia visual baseada em dados que visa melhorar a visibilidade do produto na gôndola ou prateleira. Para isso, a indústria faz uso de ações promocionais para difundir informações sobre o produto a ser comercializado no local.

E chamar a atenção aqui é essencial para que a passagem pelo corredor se torne uma venda efetiva. Mas é preciso tomar cuidado para não tornar o que deveria ser atrativo em algo exagerado e que incomode o consumidor e prejudique o lojista.

Entretanto, todo material promocional tem um custo, bem como a sua aplicação pelos promotores da empresa. Por isso, é preciso traçar uma boa estratégia e adotar métodos de acompanhamento eficientes para estas ações.

Como fazer bem o merchandising no ponto de venda?

O objetivo de despertar a intenção de compra no consumidor e transformá-la em uma venda, pode vir da aplicação de técnicas de visual merchandising, sendo essa uma das melhores formas de destacar produtos no PDV.

Isso se justifica pois o objetivo dela é ambientar a loja de maneira funcional e harmoniosa, tornando-a mais alegre e agradável, expondo os produtos, marcas ou serviços de forma adequada e chamativa, para aumentar a visibilidade, atrair clientes e estimular as vendas.

Um bom merchandising deve atender a quatro requisitos quando criado:

  • Sortimento,
  • Visibilidade,
  • Precificação, e
  • Promoção.

Vamos conhecer melhor cada um deles.

1 – Sortimento

Quando falamos sobre sortimento, precisamos ter em mente que cada perfil de loja demanda um tipo de produto.

Vamos usar o exemplo de uma indústria de alimentos. Se a sua linha premium tem um preço alto e considerado inacessível para várias faixas de renda, ela provavelmente não é a mais indicada para um mercado de bairro em uma região de renda menor.

Em contrapartida, se o estabelecimento é “gourmet” e tem em sua proposta a venda de produtos diferentes e não tão fáceis de achar, essa linha pode ser um sucesso de vendas.

2 – Visibilidade

Ela implica na organização dos produtos, o famoso planograma que devem ser mantidos em uma ordem determinada pelo gestor da estratégia de trade marketing. Além disso, é preciso conferir se o material visual foi aplicado da forma correta.

Afinal, a ideia é que este seja visto e percebido, despertando a atenção do consumidor a fim de efetivar a compra.

Por isso, materiais desgastados, danificados ou aplicados da forma errada devem ser substituídos ou ajustados.

3 – Precificação

Uma das coisas que mais incomoda o consumidor no PDV é não encontrar o preço do produto no qual ele está interessado.

Ainda que a maior parte das lojas disponibilize máquinas leitoras de códigos de barras para este fim, nem sempre elas estão no mesmo corredor ou ao alcance dos olhos. E isto pode levar a perda da venda.

Por isso, é importante verificar se o preço está próximo ao produto no PDV de forma visível e clara.

4 – Promoção

A redução do preço de um produto para estimular o consumo e um aumento no número de vendas é a prática mais comum em termos de vendas. E bastante eficiente, se feita da forma correta.

Para ela funcionar, os materiais de divulgação precisam ser chamativos, utilizando uma cor diferente da utilizada geralmente na exibição de preços.

O consumidor precisa entender que se trata de uma promoção e que há um tempo limitado para aquela aquisição.

4 – Criatividade no PDV

E dá para fazer esse trabalho de forma criativa, brincando com os temas que envolvem o produto e sua proposta, utilizando as ferramentas existentes no mercado pra este fim.

Existem adesivos, fachadas de lojas, vitrines, gôndolas, ilhas e balcões que podem ser utilizados para potencializar estas vendas de forma interessante, divertida ou curiosa.

Por isso, a dica é pensar em formas inusitadas ou mesmo com eficácia comprovada para promover os produtos com as possibilidades existentes.

5 – Utilização de displays

Uma ferramenta imponente e efetiva quando falamos sobre o visual do merchandising é o display, que conta com a vantagem de apresentar diferentes formas e possibilidades de utilização.

Como, por exemplo:

  • No chão, que costuma ser uma versão aumentada do próprio produto ou mesmo um cartaz com algum garoto propaganda famoso;
  • No balcão, em geral, uma caixa com o produto, com um formato que exponha a marca;
  • Na prateleira, talvez os mais utilizados, são feitos para encaixar perfeitamente no PDV; e
  • O display gravitacional, usado para expor garrafas ou mesmo latas.

Monitorando ações de  Merchandising no PDV

Para que a estratégia escolhida tenha sucesso, é essencial que as ações de merchandisign sejam monitoradas e registradas. O que nem sempre é fácil quando há dezenas ou centenas de PDVs para acompanhar.

Mas a REsight pode ajudar neste processo, uma vez que possui uma plataforma completa para gestão do trade marketing.

Nela é possível, inclusive, registrar dados para mensurar o andamento e os resultados das ações de merchandising. Desta forma, o gestor conseguirá tomar as melhores decisões para potencializar suas atividades.

Por meio dele é possível ver ainda qual local dá mais retorno em termos de venda, qual tem sido menos eficiente e quais estratégias precisam ser ajustadas para evitar prejuízos e maximizar os ganhos.

Conheça nossos produtos e veja como eles podem auxiliar seu trabalho e o dos promotores que efetivam no local as ações de merchandising no ponto de venda escolhidas pelo gestor. Conheça a plataforma de trade marketing da REsight.

Você também pode gostar

Fale Conosco

Siga-nos

A Resight é a solução mais completa de execução e monitoramento de varejo do mercado.

Pertence ao grupo Experity, uma empresa criada para inspirar relações duradouras por meio da tecnologia.

Fale Conosco

Telefone
(11) 3787.0400
segunda a sexta, das 9h às 18h
(exceto feriados nacionais)

Endereço
Av. Doutor Chucri Zaidan 1550 – cj. 2503
CEP: 04711-130 – São Paulo – SP

Copyright © 2021 – Todos os direitos reservados