E se você pudesse prever os próximos movimentos dos seus clientes? Estar preparado para o que estiver por vir e ter uma ideia do que esperar. Essa ideia da inteligência preditiva.

Com o avanço da tecnologia, muitas das práticas de mercado têm mudado. Novas oportunidades de otimização surgem frequentemente e a Inteligência Artificial se desenvolve para gerar melhorias baseadas em dados.

E o volume de dados produzido hoje é imenso, mas sua análise pode gerar ótimos resultados. Com este cenário surgiu a Inteligência Preditiva, que pode ajudar o gestor a antecipar mudanças e agir mais rápido.

O que é Inteligência Preditiva?

Inteligência Preditiva tem como base a coleta e analise de dados referentes a um negócio para estimar comportamentos futuros dos clientes, com base nas informações de eventos que já ocorreram.

Este trabalho envolve mineração de dados, inteligência artificial, estatística e machine learning, com uso de big data. Logo não é uma prática que possa ser feita com papel e caneta.

Apesar de ser um termo recente, este tipo de atividade já existe nas empresas há anos. A diferença está na forma de executá-la, que hoje é bem mais tecnológica e com maiores probabilidades de acerto.

Na prática, a empresa estará usando a tecnologia para fazer a análise de dados que sejam de interesse para o negócio, em busca de comportamentos que se repetem. Assim é criado um padrão.

Com esta informação em mãos, a organização conseguirá antecipar determinadas situações e comportamentos.

Relevância da análise preditiva

A empresa que aplica a Inteligência Preditiva em forma de análise passa a ter um diferencial no mercado. Afinal, ao se antecipar, ele consegue atender melhor o cliente, ajudar a evitar estoque parado e eventuais prejuízos oriundos deste problema.

E informações para isso não faltam. Segundo a Gartner, consultoria mundial em pesquisa e aconselhamento imparcial em tecnologia, apenas em 2020 foram gerados cerca de 40 trilhões de dados.

Isso não passou despercebido pelos grandes negócios, uma vez que 80% das lideranças atuais já utilizam as informações de Big Data  em seus processos de tomada de decisão.

E até 2023, mais de 33% dos grandes negócios deverão contratar profissionais especializados no uso de tecnologia para tomada de decisão.

Os custos para isso hoje ainda são altos. Mas há opções viáveis no mercado para que até pequenos negócios consigam fazer uso deste recurso.

Previsão não é adivinhação

É importante salientar que inteligência preditiva não se trata de um jogo de adivinhação, bola de cristal ou cartas de tarô.

Com a tecnologia conseguimos fazer uma estimativa baseada em dados reais, uma projeção de algo que provavelmente ocorrerá.

Mas, claro, nem tudo pode ser previsto, como vimos com a chegada da pandemia de Covid-19, que pegou todas as empresas de surpresa.

Entretanto, em um cenário comum, muitas movimentações podem sim ser antecipadas de acordo com a análise de dados, ajudando o gestor a pensar em novas estratégias e oportunidades.

Então, entendendo a diferença entre certeza e probabilidade, os ganhos podem ser extraordinários.

Inteligência Preditiva no varejo

Esta análise de dados com auxílio da tecnologia tem diversas aplicações práticas, inclusive para as indústrias que trabalham com varejo.

Uma delas ajuda o gestor a saber quais produtos podem ser mais eficientes em cada ponto de venda e acessados em todos os seus canais de contato com o varejista, como:

Estas informações são geradas a partir do mapeamento de perfil de consumo, local e  histórico de vendas, por exemplo.

Além disso, utilizando a tecnologia preditiva é possível ter um controle melhor sobre a previsão de estoque.

Isso porque os dados ajudarão na projeção de vendas da empresa para um determinado período de tempo.

Utilizando dados de anos anteriores, cenário econômico e número de clientes atuais, a inteligência artificial consegue calcular em quanto tempo os produtos serão vendidos.

E, quanto mais rápido eles forem comercializados, menor poderá ser o estoque da empresa. O que significa uma economia substancial, dados os prejuízos causados por um estoque parado.

Logo, a tecnologia pode gerar economia, praticidade e precisão quando usada adequadamente.

Soluções inovadoras

A REsight é uma plataforma de execução e monitoramento de varejo que possui em sua solução de força de vendas a tecnologia de machine learning. Com a nossa ferramenta de automação da força de vendas, o representante de campo e demais canais de venda conseguem fazer uso desta inteligência de dados de forma prática e eficiente.

Assim, seu time de campo pode oferecer os produtos que fazem sentido para aquele negócio, ampliando seu mix, positivação e ainda a melhora em suas margens e resultados.

Conte com a REsight para te ajudar nesta missão de utilizar a Inteligência Preditiva para otimizar seus negócios e ter as melhores tomadas de decisão possíveis, dentro do cenário no qual sua empresa está inserida. Conheça nossa plataforma para a força de vendas.

Você também pode gostar

Fale Conosco

Siga-nos

A REsight que integra o grupo Experity, parte da Accenture Interactive, é a solução mais completa de execução e monitoramento de varejo do mercado. tecnologia.

Fale Conosco

Telefone
(11) 3787.0400
segunda a sexta, das 9h às 18h
(exceto feriados nacionais)

Endereço
Av. Doutor Chucri Zaidan 1550 – cj. 2503
CEP: 04711-130 – São Paulo – SP

Copyright © 2021 – Todos os direitos reservados