Garantir a melhor Exposição de produtos no PDV não é uma tarefa simples, além de ter uma grande influência sob o sucesso de vendas, não é verdade? Existem dados de pesquisas comprovando a quantidade de consumidores que adquirem algo que não queriam comprar antes de saírem de casa. Já ouviu dizer que cerca de 70% das decisões de compras são tomadas no PDV?

Quem nunca decidiu comprar algo apenas depois de ver o item na prateleira? Quando alguém está passando pelo corredor dos doces e leva três barras de chocolate por R$ 10, fica explícito como a exposição no PDV faz diferença na venda do produto. Afinal, um item em promoção está mais exposto do que os demais.

Aprenda, neste artigo, como aprimorar a exposição de produtos no seu varejista, riscos, dicas e como a tecnologia pode ajudar. Confira a seguir!

Exposição de produtos no pdv

No ponto de venda é necessário pensar no tempo que o consumidor quer gastar no momento de encontrar o que ele deseja. Ou seja, os produtos que têm um fluxo maior de saída devem ficar bem visíveis no momento de organizar a exposição na prateleira. 

Atualmente, as pessoas prezam pelo tempo, o maior exemplo é o stress causado em relação aos engarrafamentos e filas que não andam. 

Agilidade no momento de compra é um ótimo atrativo e o objetivo da exposição de produtos que se destacam no PDV é justamente esse, o de tornar mais ágil a negociação.  Um exemplo: 

Existem produtos que são vendidos além das prateleiras, pois também são expostos perto do balcão.  Parece apelativo, mas é uma forma de aumentar a exposição de algumas embalagens pequenas no PDV. 

A Procter and Gamble (P&G) realizou uma pesquisa no Brasil em 2012. Algo muito relevante revelado foi o fato de que os lojistas que expunham melhor os produtos da marca em seus PDVs apresentavam um aumento de 15% nas vendas.

Exponha o que querem comprar!

No trade marketing a organização e o empenho da equipe de campo faz toda a diferença! Uma forma de manter a organização na gôndola é elaborando um planograma, e sem dúvidas é a melhor ferramenta para visualizar as melhores oportunidades de exposição. 

Se você não sabe o que é o planograma, já falamos em detalhes sobre esse tema aqui no blog e basta clicar no link para ir para um artigo super rico sobre o assunto.

Caso já saiba o que é então coloque em prática, e se por acaso já praticar, aprimore o seu planograma observando o que está sendo mais vendidos no PDV. Garanta a maior exposição a eles, e cuidado com a ruptura. Afinal, os produtos mais vendidos nunca devem estar em falta. 

Por que aumentar a exposição dos produtos?

Não tente enrolar o cliente no PDV, já existem obstáculos que fazem isso, a fila, a dificuldade em acessar os preços, elementos, inclusive que devem ser eliminados quando possível. O objetivo deve ser tornar o ambiente de compra prático. Ninguém quer ficar revirando os produtos na prateleira procurando o que quer. 

É importante levar em consideração o fato de estarmos enfrentando uma pandemia que restringiu o toque das pessoas. Mais um motivo para deixar em maior exposição o que for mais vendido no PDV.

Obstáculos durante a compra no PDV podem tirar a vontade do shopper de finalizar a compra. Quem nunca foi embora depois de ver a fila enorme no ‘caixa rápido’? Minimizar obstáculos é igual a maximixar as chances de venda! 

Os riscos de não expor o produto certo

Se gerar exposição no PDV é um ponto positivo, a não exposição é um problema acompanhado de riscos ao seu negócio. 

  • Insatisfação do cliente: Alguns varejistas pensam na perda do dinheiro quando se fala em insatisfação da clientela. Mas é um pouco mais grave. Um cliente insatisfeito irá reclamar, e cada pessoa alcançada com essa reclamação tem grandes chances de escolher o concorrente. Além de perder dinheiro, há a perda de outros clientes. 
  • Perda de produto: A venda de alguns produtos no PDV é uma corrida contra o tempo. A validade pode ser um vilão em potencial do que fica nas prateleiras e estoques. Outro motivo para se empenhar na elaboração do Share de Gôndola. Afinal, um item vencido quando exposto pode gerar mais problemas à marca e ao varejista. 
  • Vendas reduzidas: Imagina colocar as latinhas de de um refrigerante popular atrás dos outros refrigerantes. As vendas podem não chegar a zero, porém terão uma redução. Esse é o exemplo de que a qualidade ou marca do produto podem influenciar, mas dependem também da atenção no momento da exposição. 

Melhore exposição no pdv de acordo com os níveis de visão

Existem algumas formas de melhorar a experiência de compra no PDV. Manter o ambiente visualmente menos poluído é algo sempre recomendado. Mas aqui temos outros passos para quem deseja melhorar a exposição no ponto de venda:

  • Adequar aos clientes: Adulto ou criança, qual o perfil dos consumidores que frequentam o seu PDV? Observe o fluxo de pessoas e busque padrões. Isso possibilita utilizar as ferramentas do trade marketing de maneira direcionada e mais eficaz.
  • Exploras as alturas diferentes: Após observar os padrões, algo que varia é a al É possível explorar isso e direcionar os produtos pensando nesse fator também.
  • A parte de cima tem baixa visibilidade, pois demanda que o shopper levante a cabeça. Se o povo brasileiro tem em média 1,68 m de altura, trabalhe para que os principais produtos do PDV estejam na altura dos olhos com limite de 1,73 metros de altura.
  • A altura da cintura é um lugar de destaque, pois o consumidor tende a andar abaixando a cabeça observando o que tem no carrinho. Também é ideal para produtos direcionados às crianças, porque essa parte fica ao alcance das crianças.
  • No chão, se preocupe em deixar produtos pesados, mais brutos ou itens em estoque (como há em atacados). Mas não interfira o caminho!
  • Usar um planograma: O planograma é uma representação gráfica utilizada para determinar o posicionamento dos produtos na gôndola de acordo com categoria, origem ou preço. Com ele é possível visualizar os espaços destinados para os itens expostos. Assim fica mais fácil visualizar lugares que geram mais destaques ou produtos que precisam ser expostos em outros locais para maior rendimento.

Use tecnologias para ajudar a obter a melhor exposição?

Já imaginou em como controlar todos esse pontos? Se o que foi planejado está funcionando? Como ter a convicção do que seu concorrente está fazendo em campo e tomar uma escolha de maneira ágil para conquistar mais espaço no Ponto de Venda?

Se você não dispões de informações para classificar o trabalho em campo, tudo o que elaborar será fundamentado em experimento e suposição. Uma ferramenta de monitoramento e execução de varejo como a da ferramenta de trade marketing da REsight tenha dados em tempo real que o auxiliarão a medir se a execução da estratégia da empresa no PDV está sendo efetiva. Melhorando e agilizando o tempo de resposta da indústria com o varejo.

Você também pode gostar

Fale Conosco

Siga-nos

A REsight que integra o grupo Experity, parte da Accenture Interactive, é a solução mais completa de execução e monitoramento de varejo do mercado. tecnologia.

Fale Conosco

Telefone
(11) 3787.0400
segunda a sexta, das 9h às 18h
(exceto feriados nacionais)

Endereço
Av. Doutor Chucri Zaidan 1550 – cj. 2503
CEP: 04711-130 – São Paulo – SP

Copyright © 2021 – Todos os direitos reservados